O cantor sertanejo Gusttavo Lima estava em um palco de Rondonópolis, Mato Grosso, cantando um de seus maiores sucessos: Homem de Família. Quando executava o refrão, escutou barulhos de tirou vindo da plateia. Ele levou a mão ao ouvido, abaixou o microfone e saiu pela sua direita do palco. O público se agachou e viveu momentos de desespero.

O autor dos disparos foi preso. O soldado Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, foi preso. Ele alegou ter feito os disparos após se envolver em uma briga generalizada. O major Roosevelth Oliveira Escolástico, de 38 anos, foi baleado na perna ao dar voz de pressão ao atirador. Os dois estavam de folga – quem atirou e quem o pendeu – e ambos deram entrada no Hospital Regional de Rondonópolis. Eles passam bem.

Cantor Gusttavo Lima se manifestou sobre o carro por meio de nota: “saímos de casa para levar alegria às pessoas, fico indignado com este tipo de atitude. Me senti confortado por saber que ninguém perdeu a vida”. O cantor deve manter sua agenda de shows. Hoje, ele terá uma apresentação em Caldas Novas, Goiás.

Publi1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui