Publi1

O PT inicia seus trabalhos de mobilização em defesa do ex-presidente Lula nesta quinta-feira (11), em Salvador, na tradicional Festa do Bonfim, com a tradicional lavagem da escadaria da basílica. Cerca de 10 mil militantes do partido são esperados na procissão de 8 quilômetros.

O objetivo é ser uma espécie de preparação para os protestos que serão realizados em Porto Alegre, no dia 24, quando o Tribunal Regional Federal da 4ª Região julgará recurso do ex-presidente no processo envolvendo o tríplex de Guarujá. A ideia é que, até a data do julgamento, mais mobilizações ocorram em outros estados.

A defesa da candidatura de Lula reaproximou quem andava distante. Dirigentes da Força Sindical e da UGT, críticas ao PT nos últimos anos, se uniram a outras centrais sindicais para formar um comitê a fim de defender o ex-presidente. Alegam que o julgamento do recurso da condenação do petista no processo envolvendo o tríplex de Guarujá tramitou de forma mais rápida que o normal e acreditam se tratar de uma tentativa de impedir que Lula participe das eleições deste ano.

“Não pode correr para tirá-lo da eleição. As elites temem que Lula dispute porque ele ganhará”, afirmou a EXPRESSO Ricardo Patah, da UGT. João Gonçalves, o Juruna, da Força Sindical, diz que a tramitação da Justiça tem de valer para Lula e para “Chico, João, todos”.

Publi1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui