Alegria, alegria, terminamos a primeira semana dos novos governos federal e estaduais com uma enxurrada de notícias de todas as cores, embora que em Brasília agora só podem duas: azul ou rosa como disse a nova Ministra Damares. Não bastasse, em entrevista ao SBT, Bolsonaro confirma que Queiroz, o coitado que o Coaf encontrou movimento de mais de R$ 1,2 milhão na conta corrente, vive de “rolo”.

Antes fosse o bolo de rolo de seu Eudes que ainda espera a prefeita de Arcoverde mandar fazer as rampas de acesso às calçadas em similaridade com as da passarela central da Japiassu.

E o PSL? Soltou nota dizendo que não faz conchavo após fechar apoio a reeleição de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara dos Deputados, mas só quer em troca apenas a presidência das principais comissões da casa (?). Essa, nem Zoroastro entenderia. Eu voto e tu me dá algo em troca, é o quê mesmo? Mas voltando a Terra do Cardeal, a prefeitura vem mantendo o ritmo de outros anos no ramo da comilança.

Até dia 30 de novembro, o Portal Tome Conta do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco revela que a prefeitura já gastou R$ 297.608,10 com refeições em 2018, sendo que desse total já foram pagos R$ 273.371,30.

Até fechar dezembro, a comilança passa dos R$ 300 mil. Será que colocaram alho na comida? Ah! O alho era para as escolas…Aleluia! Aleluia! Hoje é sexta-feira e pra semana os servidores municipais ganham um novo banco para chamar de seu (Santader); será deles mesmo?