Faculdade de Medicina em Arcoverde: mais uma etapa garantida com visita de representante da instituição mantenedora

A visita técnica tem o objetivo aferir a Rede de Saúde Municipal, que, entre outras exigências, é um referencial para a instalação da Faculdade de Medicina do Sertão, em Arcoverde.

0
108

Mais uma etapa foi vencida nesta semana para a instalação de uma Faculdade de Medicina em Arcoverde. A professora universitária e representante da Faculdade São Leopoldo Mandic, Ivone da Silva Duarte, esteve em Arcoverde na ultima quarta-feira, 20 de março para uma visita técnica. Acompanhada da secretaria municipal de Saúde, Andreia Britto, a representante da faculdade visitou o Hospital Regional Ruy de Barros Correia, a UPA Dia, além de Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e do Hospital Memorial Arcoverde.

A visita técnica tem o objetivo aferir a Rede de Saúde Municipal, que, entre outras exigências, é um referencial para a instalação da Faculdade de Medicina do Sertão, em Arcoverde. “Pelo que vi, o município tem, sim, toda condição de vir a ter a faculdade, pois aqui tem dois hospitais e uma policlínica, muito bem equipados, além de vários cursos superiores na área da Saúde, a exemplo de Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia. A cidade também é um polo médico regional com profissionais capacitados que poderão em muito contribuir”, afirmou Ivone Duarte, que vai fechar um relatório para a direção da Faculdade São Leopoldo Mandic.

No Hospital Regional, foram verificadas as últimas reformas – que estão em fase de conclusão – nos setores de pediatria, lavanderia, desinfecção, refeitório e das salas verde, amarela e vermelha que já estão funcionando. Já na UPA Dia, localizada no bairro do São Cristóvão, a representante verificou as salas de consulta, observação, repouso, clínicos, pediatras e enfermeiros. Outro ponto positivo que Ivone Duarte destacou na Saúde do município, é que hoje Arcoverde dispõe de 24 UBSFs, sendo duas localizadas na zona rural, descentralizando serviços de saúde da área em várias localidades. A representante também visitou redes de saúde de municípios vizinhos a Arcoverde e encontrou situações positivas e relevantes. Um exemplo foi o hospital de Pesqueira, que será parceiro da Faculdade como campo de estágio.

Para a prefeita Madalena Britto, “o resultado positivo desta visita técnica além de significar mais um passo para garantir a instalação da Faculdade de Medicina em Arcoverde, também comprova a qualidade da Rede de Saúde em funcionamento hoje na cidade”. A prefeita ainda ressaltou o excelente perfil educacional da Faculdade São Leopoldo Mandic. A instituição de ensino superior possui 600 alunos em Campinas e 200 no campus de Araras, no interior de São Paulo. Pela avaliação do MEC, a faculdade recebeu a nota 5, a pontuação máxima no ranking. Sendo a mantenedora da Faculdade de Medicina que será construída em Arcoverde, a instituição de ensino superior tem ainda polos de pós-graduação em oito estados brasileiros.

Fotos: Israel Leão