ARCOVERDE E REGIÃO

Apresentações estudantis marcam o Festival de Ginástica e Dança em Arcoverde

Grupos de alunos da rede municipal apresentaram números de dança com ênfase para manifestações culturais da região. "É um momento importante para os alunos. Agradeço pelo empenho de todos - gestores e professores de Educação Física, eles fazem a diferença na vida dos jovens", afirmou Zulmira Cavalcanti, secretária de Educação e Esportes do município.

Histórias em Destaque

  • Ciclo da vida: tentar, cair, levantar, recomeçar. Nunca desistir.
  • Treine sua mente para ver o lado bom de qualquer situação.
  • E tudo que atrasa, deixa a maré levar!
  • Se jogue no que te faz sorrir.
  • A força de dentro é maior que todos os ventos contrários.

A Secretaria de Educação e Esportes da Prefeitura de Arcoverde, através da Coordenação de Educação Física, encerrou nesta quinta-feira, 14 de novembro, a primeira edição do Festival de Ginástica e Dança. A iniciativa aconteceu na Quadra de Esportes Luiz Camelo Pessoa, da Escola Barão do Rio Branco, localizada no bairro do São Miguel.

Grupos de alunos da rede municipal apresentaram números de dança com ênfase para manifestações culturais da região. “É um momento importante para os alunos. Agradeço pelo empenho de todos – gestores e professores de Educação Física, eles fazem a diferença na vida dos jovens”, afirmou Zulmira Cavalcanti, secretária de Educação e Esportes do município.

A primeira escola a se apresentar foi Manoel Lumba de Oliveira (Aldeia Velha), com clássicos do desenho ‘Galinha Pintadinha’. A segunda foi a Marieta de Brito Freire (Caraíbas) trazendo o Reisado típico daquela comunidade. Em seguida se apresentaram a Escola Leonardo Pacheco (Boa Vista), com a quadrilha junina tradicional; a Jonas de Freitas Lima (também na Boa Vista) trazendo o pop latino; a Olga Gueiros Leite (Alto Cardeal/Centro) com dança de rua, tango e rap; a Freire Filho (São Geraldo) apostou no nosso Samba de Coco e a Euclides da Cunha Cunha(Sucupira) trouxe a Ciranda e o Reisado.

A parte final do Festival foi concluída com a Escola Ivany Rodrigues Bradley (Tamboril) que trouxe antigas brincadeiras de crianças como a roda, peteca e bambolê. Em seguida, veio a Escola Rotary Alcides Cursino (São Cristóvão), com o xote nordestino.

Por fim, se apresentaram a Escola Adalgiza Cavalcanti de Barros Correia (São Francisco) com jogos de capoeira e passos de frevo ao som do hino de Pernambuco. O Festival terminou com alunos do Anexo da Escola Alfabeto (São Cristóvão) mostrando coreografia de música country do Sudeste e de Sertanejo Universitário.

Chamou atenção a presença no Festival de Ginástica e Dança do professor Vinícius Alagoano. Ex-jogador de futebol – com passagens pelo Ferroviário (PE), Flamengo de Arcoverde, Sete de Setembro (Garanhuns), Petrolina, Diadema (SP) e Arcoverde FC, Vinicius é hoje professor de Educação Física e personal trainer.

“É muito gratificante trabalhar com crianças e adolescentes, eles são muito dedicados”, afirmou Vinícius, que também já desenvolveu importantes projetos físico-esportivos com presidiários do Brito Alves e com crianças carentes da Rua do Lixo. Graduado em Educação Física, Vinícius está atualmente concluindo Mestrado na mesma área de atuação.

Fotos: Israel Leão

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar