Enfrentamento à Covid-19: Creches de Arcoverde socializam práticas exitosas de atividades remotas no período da pandemia

0
68

A coordenadora da Educação Infantil, Sílvia Cristina, e a professora formadora Izabel Policarpo, estiveram reunidas online com educadores e a equipe gestora das creches municipais de Arcoverde, na manhã da última quinta-feira, 03 de setembro, oportunizando um momento para o relato das experiências que estão sendo vivenciadas durante o período de isolamento social, em decorrência da Covid-19.

A ocasião contou com mais de 60 participantes, expondo ações que auxiliam as famílias das crianças atendidas pelo município, assim como a continuidade de iniciativas que estão sendo desenvolvidas por meio das atividades remotas.

Com mostra inicial de vídeo motivacional cuja temática aborda a importância da fé para o período que o mundo atravessa, os participantes puderam fazer uma reflexão profunda do contexto atual.

Abrindo as discussões a educadora Silvana Rocha, representando a Creche Dom Severino,  relatou a experiência que vem tendo com as atividades remotas.

“Eu sempre envio uma estória para as crianças. Mas por trás dela, eu também planejo atividades para que eles aprendam e não esqueçam. Por exemplo, contei a estória do ‘Dentinho’ e pedi para que eles circulassem as vogais de algumas palavras relacionadas àquela estória, assim como circulassem a letrinha ‘D’, de dente. Então, eles vão se apegando aquilo ali e devido à estória, eles ficam encantados com a mensagem”, explicou Silvana, que também falou sobre a importância do diálogo com os pais para a cobrança das atividades remotas à distância.

Já para Clécia Leobino da Creche Dom Severino Ramos, a prática das aulas remotas foi inicialmente algo desafiador, mas que agora obtém os devidos resultados em um período muito diferente para ser vivenciado por todos. “O que tem feito esse trabalho dar certo é a parceria tanto com a equipe, como também com os familiares. Os auxiliares têm se dedicado bastante e estão sempre parceiros, a gente busca sempre compartilhar as ideias e o contato com as famílias é feito, não somente, de forma coletiva nos grupos de WhatsApp, mas também individual. No decorrer das aulas a gente foi percebendo que a musicalização é um instrumento que atraía a atenção das nossas crianças, então, buscamos sempre a cada conteúdo de aula, estar inserindo a musicalização fazendo a relação da música com o tema proposto”, comentou.

Em seguida, a educadora da Creche José Rabelo de Vasconcelos, Paula Francinete, abordou a importância do acompanhamento dos bebês que atendia antes do período da pandemia.  “Desde o início das atividades online, quando veio todo esse processo de adaptação, a gente, como todo mundo, sentiu dificuldade. Mas, fomos melhorando no decorrer do tempo. Procuramos a aproximação com cada família, que é uma coisa muito importante para compreender as dificuldades deles nas atividades remotas. Como a gente trabalha com bebês, o nosso foco são as atividades lúdicas e principalmente  as estórias cantadas, além de músicas. E quando a gente interage com os bebês, focamos sempre no desenvolvimento deles, vamos puxando a conversa e interagindo, de acordo com o desenvolvimento que tiveram, envolvendo o crescimento, a aprendizagem da fala e do andar nesse período”, avaliou a educadora.

Para Carmem Santos, da Creche Dr. Jennecy, a experiência tem sido bastante positiva. “O espaço nas vídeos chamadas com os pais graças a Deus tem dado certo para a interação. Algumas vezes, nesse momento de isolamento social, percebemos mães que estavam tão carentes de atenção, até mais carentes do que as crianças, temos  um relato interessante de uma mãe que tinha acabado de ganhar neném e a gente ligou para fazer a vídeo chamada com a criança,  a mãe terminou falando mais com a gente do que a criança da nossa creche, compartilhando como foi a cirurgia e como estava o bebê. Então, tem sido muito importante esse vínculo, não só para interagir com as crianças, mas principalmente com as mães”, destacou.

Zulmira Cavalcanti, Secretária de Educação e Esportes, também esteve presente na reunião online e ressaltou na ocasião que “Hoje é um dia muito especial para que possamos socializar, as experiências exitosas que estão sendo desenvolvidas nas Creches, tudo isso é gratificante, saber o quanto toda a equipe está empenhada, fazendo com que haja uma maior interação entre as Creches e as famílias ”.

A ocasião contou também com vários outros relatos de superação de quem se encontra à frente de várias as creches durante a pandemia, evidenciando que o isolamento social é necessário, mas os vínculos entre crianças, pais e equipes de educadores necessita ser mantido, mesmo que na maioria dos casos, sem maior aproximação física, em virtude das medidas de prevenção.

Foto: PMA/Divulgação 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui