Entre março e agosto, cresceu em 10% a busca por serviços de gestão e segurança por empresas do setor financeiro, de acordo com levantamento da Centric, empresa especializada em gestão de TI. O aumento foi motivado pelas mudanças no perfil de trabalho das empresas, que foram obrigadas a aderir ao regime de home office de trabalho. Assim, pelo modelo de trabalho adotado, surgiu a necessidade de fortificar a segurança dos sistemas utilizados pelos colaboradores remotamente, a fim de evitar vazamentos e problemas de hacking.

Para elaborar a pesquisa, foram entrevistadas 300 empresas que apontaram que o principal motivo para aderir às soluções de gestão e segurança remotas foi melhorar questões como versatilidade e agilidade, bem como segurança para compartilhamento de dados sigilosos.

“Esse crescimento é fruto de algumas necessidades apresentas pelo mercado. As companhias estão procurando soluções que mantenham o nível de entrega por um custo menor ou até mesmo ferramentas que melhorem a produção e resultados, mas sem alteração no orçamento atual. Outra questão importante para o setor financeiro é o aumento de demanda visto nos últimos meses, fato que aflorou a necessidade de uma melhor estrutura de TI”, explicou o presidente da Centric, Otto Pohlmann.

Entre as principais ferramentas utilizadas pelo setor está a GO-GLOBAL, solução que, ao ser integrada a um aplicativo, permite que fornecedores independentes de software (ISVs) e provedores de serviços de hospedagem (HSPs) acessem todas as funcionalidades de forma remota, sem a necessidade de instalação, configuração ou gerenciamento de outros produtos. O hub de soluções disponibilizado pela ManageEngine ficou em segundo lugar no estudo.

Com a pandemia sem sinais de dar trégua no país, estima-se que este tipo de investimento em serviços de segurança continue sendo realizado por companhias do setor financeiro, o que elevaria a porcentagem atual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui