A Arena Emergencial de Apoio à População em Situação de Rua, mantida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o SESC Arcoverde, no contexto de ações contra a proliferação da Covid-19, debateu com os seus usuários na última quinta-feira (24), sobre o tema suicídio e a importância de sua discussão como forma de prevenção, dentro das atividades oferecidas pelo serviço e que estão em situação de rua no município.

O debate também integrou a campanha Setembro Amarelo, que vem sendo realizada desde o início do mês. A maioria dos usuários da Arena Emergencial tem uma vida com pouca assistência familiar, solitários, além de fatores impactantes que os levaram para as ruas. As estatísticas mostram que a incidência de suicídio está entre os 15 e 29 anos. No momento de explanação do tema, alguns usuários se emocionaram e se identificaram com o tema, pois em alguns momentos da vida tiveram ideação suicida. No final da explanação, alguns se emocionaram e agradeceram pela partilha.

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui