O 50º jogo de Tite pela Seleção Brasileira terminou em vitória, com direito a grande exibição de Neymar. Nesta terça (13), diante do Peru, em Lima, o Brasil derrotou o Peru por 4×2, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. A equipe verde-amarela só volta a campo no dia 14 de novembro, contra a Venezuela, no Morumbi.

Era um conhecimento prévio o fato de o Peru ser um adversário mais complicado que a Bolívia, goleada pelo Brasil na estreia da competição. Porém, imaginar que os mandantes iam abrir o placar logo aos cinco minutos era uma previsão nada comum. Marquinhos cortou um passe para o meio da área, Carrillo pegou de primeira e fez 1×0.

O Peru não repetiu o comportamento padrão das equipes inferiores que abrem o placar e apenas se fecham para segurar o resultado.Ainda assim, aos 27, o Brasil igualou o marcador. Neymar foi puxado na área. Pênalti bem cobrado pelo camisa 10, levando o 1×1 ao intervalo.

Corte feito para a entrada da área, chute de primeira e gol do Peru. O raio caiu duas vezes no mesmo lugar. Assim como na primeira etapa, os peruanos marcaram em chute de longe. Desta vez, com o desvio em Rodrigo Caio, que enganou o goleiro Weverton. Se é para seguir o mesmo roteiro, então o Brasil tratou de empatar. Neymar cobrou escanteio, Firmino cabeceou e Richarlison completou para as redes.

As semelhanças não param por aí. A virada brasileira veio novamente por pênalti e pelos pés de Neymar. Para fechar a conta, o craque brasileiro fez o chamado “hat-trick”. Após expulsão de Zambrano, do Peru, os espaços aumentaram. Everton Ribeiro saiu na cara do gol e mandou na trave. No rebote, o camisa 10 empurrou para as redes. Com o tento, ele ultrapassou Ronaldo na lista de maiores artilheiros do Brasil em partidas oficiais, chegando ao 64º gol, ficando atrás apenas de Pelé, com 77.

Ficha técnica

Peru 2

Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram, Trauco; Aquino, Tapia (Cueva), Yotún; Carrillo Christofer Gonzáles (Araujo) e Farfán (Polo). Técnico: Ricardo Gareca

Brasil 4

Weverton; Danilo, Marquinhos (Rodrigo Caio), Thiago Silva e Renan Lodi (Alex Telles); Casemiro e Douglas Luiz e Philippe Coutinho (Everton Ribeiro); Neymar, Richarlison e Roberto Firmino (Everton Cebolinha). Técnico: Tite

Local: Estádio Nacional (Lima/PER)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI). Assistentes: José Retamal e Raul Orellana (ambos do CHI). VAR: Pero Maza (CHI).
Gols: Carrillo (aos 5 do 1ºT), Neymar (aos 27 do 1ºT, 37 e 48 do 2ºT ), Tapia (aos 13 do 2ºT), Richarlison (aos 19 do 2ºT),
Cartões amarelos: Tapia, Gonzáles (P)
Cartão vermelho: Zambrano (P)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui