O juiz eleitoral da 57ª Zona, Dr. Drauternani Pantaleão, suspendeu no início da tarde desta sexta-feira, dia 23, a realização do único evento ainda autorizado nas campanhas eleitorais de Arcoverde, os drive in. O principal motivo que levou a suspensão deste tipo de evento foi o realizado pela coligação do candidato Wellington da LW (MDB) domingo passado que provocou enormes aglomerações, contrariando determinação anterior da justiça eleitoral. Com isso, o drive in previsto para a noite desta sexta-feira pela coligação União por Arcoverde não poderá ocorrer.

Com a medida tomada diante das irregularidades cometidas pela coligação União por Arcoverde, todas as demais coligações também ficarão impedidas de realizar tais eventos. Além de Wellington, disputam a prefeitura de Arcoverde os candidatos Zeca Cavalcanti (PTB), Francisco Leite (PSL) e Cybele Roa (Avante). Anteriormente a justiça eleitoral já havia proibido as carreatas, caminhadas, motocadas e bicicletadas, além dos comícios tradicionais devido a pandemia da Covid-19.

Na decisão o juiz diz claramente que serão mantidos “suspensos os eventos de campanha realizados em formato drive-in, uma vez que conforme restou demonstrado no evento dessa natureza realizado no dia 18 de outubro de 2020, ocorreu indevida aglomeração de pessoas, em manifesta desobediência ao que restou determinado por esse juízo na sentença proferida no Pedido de Providências n.º 0600293-63.2020.6.17.0057, bem como às regras sanitárias de distanciamento social”.

Relata o juiz em sua decisão que “após a realização do evento no dia 18 de outubro de 2020, pela Coligação União por Arcoverde, as demais coligações compareceram em juízo, dando ciência do descumprimento da sentença, tendo em vista a ocorrência de aglomeração, e pediram providências ao juízo, bem como a cientificação do Ministério Público para adoção de providências”.

Também tramitam na justiça eleitoral outros pedidos de providências, haja vista a conduta da Coligação União por Arcoverde, continuar a realizar atos proibidos pela sentença referenciada que ocasionaram aglomeração de pessoas, a exemplo de Ofício endereçado a ao fórum pelo Comando da Polícia Militar local.

Com base nas imagens (Fotos e vídeos) a justiça eleitoral concluiu que ao invés de ocorrer comício com pessoas no interior dos seus veículos, houve verdadeiro evento festivo com pessoas aglomeradas na avenida e, inclusive extremante próximas em camarote armado no local do evento.

Além da multa de R$ 50.000,00 para cada candidato, a decisão também determina-se a expedição de ofícios ao Comandante do Batalhão de Polícia Militar de Arcoverde e ao Delegado Municipal de Polícia Civil, para que procedam com a devida fiscalização para fins de fiel cumprimento da presente decisão, bem como para adoção das medidas necessárias previstas em lei, em caso de descumprimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui