Coronavírus: primeiro caso de reinfecção é confirmado no Brasil

37

Nesta quarta-feira (9), o Ministério da Saúde anunciou oficialmente o primeiro caso de reinfecção por coronavírus no Brasil. O episódio foi identificado pelos governos do Rio Grande do Norte e Paraíba, após uma médica natalense de 37 anos relatar sintomas da COVID-19 quatro meses após sua primeira infecção. Segundo a análise, a paciente contraiu uma linhagem variante do vírus.

O caso de reinfecção começou a ser avaliado no dia 23 de outubro, no Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Norte (CIEVS-RN), quando o órgão foi notificado do possível episódio. A paciente teria apresentado sintomas como dores musculares, sensação de fraqueza e dor de cabeça ainda no dia 11 de outubro, com o quadro de COVID-19 confirmado apenas 2 dias depois, por meio de um teste RT-PCR.

Anteriormente, ela havia confirmado sua primeira infecção por coronavírus no dia 23 de julho por meio de um teste RT-PCR, na Paraíba, onde também trabalha. Nessa ocasião, a médica apresentava sintomas de síndrome gripal, como dores abdominais, coriza e cefaleia. Após a confirmação do quadro de reinfecção, o caso foi encaminhado para Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para ser analisado. E, assim, foi constatada a presença de diferentes linhagens do coronavírus nas amostras coletadas.

Segundo a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap), há outros casos em investigação no estado desde o dia 20 de outubro. Atualmente, há cinco casos em análise ativa e três tiveram seus estudos encerrados devido a baixa viabilidade. Ao todo, foram nove casos notificados apenas no estado do Rio Grande do Norte e, entre eles, sete são da cidade de Natal.