O Google caiu e está fora do ar na manhã desta segunda-feira (14). De acordo com relatos na Internet, serviços como Google Drive e Gmail deslogaram os usuários e apresentam a mensagem “erro 503”. Segundo o Downdetector, que monitora o funcionamento de serviços na web, o problema começou por volta das 8h30 (horário de Brasília) e atingiu um pico de mais de seis mil reclamações. A falha atinge usuários no Brasil, mas a maioria dos relatos são nos Estados Unidos e em países da Europa.

TechTudo entrou em contato com o Google, que não respondeu até o momento de publicação desta matéria. O quadro de status de serviços da empresa reconheceu a pane às 8h55, e ela afeta todos os produtos do Google, como o YouTube, Google Meet, Google Forms, Google Keeps, Analytics e outros. A companhia informou na página de status, às 9h31, que os serviços estão sendo estabilizados aos poucos, e “e esperamos uma resolução para todos os usuários em breve. Este período é apenas uma estimativa e pode sofrer alterações”.

Usuários foram deslogados sem permissão dos serviços do Google pelo PC, como o Google Keep e o Google Drive. No caso de acesso por aplicativos para celular, o programa apresenta erros variados, como falta de conexão com a Internet, problemas para atualizar a página e o erro 500. Ao tentar logar na conta Google, dá o erro “não foi possível encontrar a sua conta Google”, como se a pessoa não fosse cadastrada no serviço.

A sincronização de contas Google no navegador da empresa, o Chrome, está indicada como “pausada” durante a instabilidade. O YouTube está fora do ar e dá mensagem “conecte-se à Internet” ou erro 503 ao abrir o aplicativo no celular, como se o usuário estivesse sem conexão. Contudo, o acesso ao site de vídeos funciona pela guia anônima do navegador.

O Gmail também está offline e acusa “erro 502”. A mensagem exibida é que o sistema reconhece o erro no servidor, mas não dá mais informações. Segundo relatos da Internet, alguns usuários conseguem acessar a caixa de entrada, mas não conseguem efetuar o envio de e-mails ou receber mensagens.

O Google Drive não permite acessar os documentos no formato de Google Docs, Google Sheets ou Google Slides já armazenados no serviço, e mostra o aviso “não é possível atualizar”. Além disso, a plataforma alega que o usuário está offline ao tentar editar ou criar um novo documento, planilha ou apresentação.

A pane do Google traz dor de cabeça para os usuários, já que ferramentas da empresa, como a plataforma de chamadas de vídeo Google Meet e o Google Classroom (ou Google Sala de Aula), são populares no ensino à distância.

O Google reconhece a pane nos seguintes produtos da empresa: